Skip links

5 lições que podemos aprender com o Nubank, o mais novo unicórnio brasileiro

O Nubank é a startup brasileira mais recente a alcançar o status de unicórnio. Essa fintechpode nos ensinar muito, desde atendimento ao cliente até paciência para desenhar um modelo de negócio preparado para rentabilizar.

O Nubank se tornou a terceira startup brasileira (99Taxi e PagSeguro foram as anteriores) a se tornar um unicórnio (startup com valor de mercado de um bilhão de dólares). Além de ser um marco importante para o ecossistema brasileiro, podemos tirar muitos aprendizados da trajetória dessa gigante para aplicar tanto em startups que estão amadurecendo, quanto em modelos de negócios e empresas mais tradicionais.

1 – Resolva uma dor real dos seus clientes

Um dos pilares fundamentais de toda startup de sucesso é realmente resolver algo que incomoda os clientes, é dar fim ou minimizar um problema real de suas vidas. Tempo na fila do banco, burocracia, taxas de cartão de crédito.

Quem gosta de ir ao banco e gastar horas do seu tempo para resolver um problema com a fatura do cartão de crédito?

E pagar taxas anuais para ter acesso a um serviço que na maioria das vezes deixa a desejar?

Olhando para aspectos como esse surgiu o Nubank que não só resolveu esses problemas, como o fez bem feito.

2 – Se relacione com o cliente da forma como ele espera e entende

Resolver um problema real dos clientes já é um grande passo rumo ao sucesso, mas isso pode não ser suficiente se o seu atendimento for precário. O Nubank conseguiu personalizar o atendimento aos clientes, atendendo no momento em que eles precisavam (manhã, tarde, noite) e usando uma linguagem e canais alinhada com o seu público: facebook, chat, etc. Esse diferencial fez com que o “roxinho” fosse ganhando popularidade e mídia espontânea nas redes sociais, o que faz com que ele tenha hoje uma fila de espera de milhares de pessoas.

3 – Seja simples

Entender e controlar seus gastos com cartão de crédito nunca foi tão fácil.

Utilizar o aplicativo do Nubank é fácil, as ações são intuitivas e ele proporcionou um nível de transparência e acompanhamento da fatura como poucos, tudo isso sempre prezando pela simplicidade e sendo direto no que oferece.

4 – Seja autêntico para ser lembrado

Quantos bancos/ instituições financeiras você conhece que geram experiências positivas para seus clientes?

E que são recomendados nas rodas de amigos?

Quantos criaram uma comunicação com seus clientes colocando eles no centro da relação e os tratando quase que como amigos de longa data?

Entregar uma experiência diferente pode gerar um desconforto e um frio na barriga de muitos empreendedores, chegando até ao ponto de fazer com que desistam por medo do as outras pessoas vão pensar das suas ideias, porém o Nubank não se preocupou com isso, ele foi ousado em um mercado um tanto quanto tradicional, propondo desde a entrega de uma experiência financeira totalmente digital (desde a solicitação do cartão até o acompanhamento de gastos e pagamento de faturas é feito pelo aplicativo), até a pedida para seus clientes postarem a hashtag #sounu nas redes sociais, que poderia ser vista por muitos como algo arriscado. A questão é, o Nubank foi autêntico nessas ações, e ao entregá-las da forma como as pessoas esperam ou até melhor, ele se torna lembrado e desejado.

5 – Não tenha pressa em alcançar um modelo de negócios sustentável

Um dos grandes erros das startups no início de suas operações, é buscar criar um modelo de negócio sustentável antes mesmo de ter um produto maduro e desejado pelas pessoas. Isso acontece por que na maioria das vezes os empreendedores são bombardeados com a pergunta “Como você vai ganhar dinheiro com isso?”.

O Nubank se preocupou em entregar um produto que as pessoas entendiam e com uma experiência acima dos padrões normalmente encontrados. Essas entregas somadas ao fato de resolver um problema real, fez com que as pessoas desejassem ser um cliente Nubank.

A história geralmente nos mostra que se você consegue atrair e manter seus clientes, vai conseguir encontrar uma forma de fazer dinheiro, e é justamente o caminho que o Nubank está desbravando agora, com seu programa de recompensas e a criação da NuConta.

Gerenciar a criação de produtos e entregar serviços e experiências inovadoras para seus clientes não é uma tarefa fácil. A Oguini pode colaborar com sua organização ou startup nessa jornada, clique aqui e saiba mais.